Especialidades / Nutrição Funcional

Avaliação de Hipersensibilidades Alimentares

Hipersensibilidade Alimentar é uma reação de sensibilidade ao alimento, mediada por IgG,  com formação de imunocomplexos, que se manifesta de 2 a 72 horas após a ingestão de alimentos ofensivos, também pode ser chamada por alergia escondida devido à demora da manifestação dos sintomas

Alergias alimentares fazem com que o sistema imune sintetize e libere agentes químicos reativos como: histaminas, linfocinas e citocinas inflamatórias. Essas substâncias influenciam drasticamente a fisiologia celular, produzindo efeitos no sistema imune, endócrino e nervoso.

Estas alergias escondidas podem ser uma das causas mais comuns dos sintomas “inexplicáveis” incluindo: asma, alterações do sistema nervoso, artrite reumatóide, distúrbios gastrointestinais, dificuldades respiratórias, rinite, sinusite, infecções recorrentes, fadiga, enxaqueca e que freqüentemente melhoram quando esses alimentos são identificados e eliminados da dieta.
 
O desenvolvimento de hipersensibilidades alimentares depende de alguns fatores:

  • Hereditariedade

  • Permeabilidade intestinal aumentada

  • Resposta imune

  • Monotonia alimentar (exposição constante aos mesmos alimentos)

  • Digestão incompleta de alimentos (por que haverá falta de nutrientes para produção de ácido clorídrico, hormônios reguladores, enzimas digestivas, fator imune).

A Alergia alimentar pode ocorrer com a ingestão de qualquer alimento por pessoas hipersensíveis a alimentos específicos.

A avaliação de hipersensibilidade alimentar é feita de forma individualizada através da anamnese nutricional, questionários de rastreamento e também teste de Alergia Alimentar Tardia - IgG e IgE específico para  alimentos.

           
 

LePsi – Clínica de Psicologia Integrada

 
Rua Borges de Medeiros, 553
6º andar, Centro - 95020-320
Caxias do sul, RS
contato@lepsi.psi.br
 
54 3027-4288
 
54 9118-6384